Paco – do abandono ao amor

Ilustração: Ana Margarida Miranda – Paco, Paco – chamou a cadela Rebeca – Tu não comes? Paco não respondeu. Levantou as orelhas e olhou-a em silêncio. – O que tens Paco? Há dois dias que não te ouço ladrar! Estás doente? – Não! – Se não comeres já, as moscas vão invadir-te a comida! –…

Escrita curativa – o poder da escrita na transformação pessoal

A escrita, enquanto terapia de cura, surge documentada há relativamente pouco tempo mas, já nos finais do século XIX Joseph Brauer, colaborador de Sigmund Freud, falava no potencial de cura que as pessoas poderiam alcançar através da narrativa, do facto de poderem falar das suas vidas de forma desinibida. Brauer denominou esta técnica de talking…

Histórias encantadas de fadas baralhadas

Aproximava-se o dia do tão ansiado Concílio das Fadas, coisa que só acontecia de 12100 em 12100 anos, quando a Lua e o Sol se unem num forte abraço. As fadas andavam super atarefadas – poliam-se as varinhas mágicas, enlaçavam-se flores para coroas, abriam-se os baús dos fantásticos vestidos e reuniam-se ratos e abóboras para…

Escrever para quê?

  Escrever para quê? O pensamento autobiográfico de certa forma cura-nos. Relatar-nos faz-nos sentir melhor, converte-se numa espécie de liberação e de reunificação. Duccio Demetrio   – Para exprimir sentimentos e pensamentos sobre nós, os outros, o que nos rodeia, o que sonhamos, o que guardamos… – Para conseguirmos uma concentração e ao mesmo tempo…

Asas sem voo – a história de um passarinho que não quis voar

Sinopse O passarinho cinzento vivia numa gaiola aberta, mas o medo do desconhecido não lhe permitia sair de lá. Um dia chegou uma nova habitante à sua gaiola. Conseguirá ele conhecer novos mundos? Acompanha-o na sua viagem pela vida e sente com ele o poder das emoções.