Workshop – Escrita de micronarrativas para as redes sociais

A 300x251 - Workshop - Escrita de micronarrativas para as redes sociais

Micronarrativas escritas a partir de ilustrações, com um limite máximo de 50 palavras

Vejo-a todos os dias. No mesmo lugar, na mesma posição.

Como não a ver?!!! Com as suas vestes de tom amarelo, a mesma cor das flores no seu cabelo?!

Não entendo a sua postura. Não sei se está morta ou adormecida, mas segura sempre o mesmo livro nas suas mãos pálidas.

Júlio Teixeira

 

Dois irmãos éramos

Diz-me ele, em tom sincero:

– Não sei como viveria sem ti, mano!

Eu respondi:

– Pois eu viveria muito bem sem ti.

Hoje, sentado no alpendre, não suportando o vazio da casa e recordando o seu rosto, apercebo-me do quão errado estava.

Fernando Leite

 

Mais um dia passado. Corria com o livro na mão até ao terraço do último andar. O andar que dividira com ela antes de partir.

O livro? O seu favorito.

Ela sempre gostara de ler ao final do dia.

Agora, era ele que adquiria esse hábito.

Inês Gonçalves

 

Num dia de céu cinza, um homem lê um livro auxiliado apenas por alguns raios de luz que penetram a escuridão que o envolve.

Quando lhe perguntei o que fazia ali, respondeu-me apenas:

– Neste dia de escuridão procuro luz para a minha vida.

Francisco Barbosa

 

Febre

Estava quente, mas o tempo era frio. Voltou a olhar para o relógio e não via os minutos a passarem.

Suspirou. Pegou no seu livro e contentou-se com mais um dia na cama.

Filipa Silva e Gabriela Lima

 

Verdades em papel

Um jovem rapaz permanecia sentado no seu lugar favorito. Dali, a sua vista alcançava toda a cidade e, ao fazê-lo, pensava e escrevia sobre o que sentia, lançando as suas palavras em pequenos e singelos aviões de papel.

Ana Castro e Beatriz Sousa

 

As palavras no papel formavam um universo seguro que lhe permitia fugir dos terríveis desastres do mundo e enchiam, temporariamente, a sua mente vazia.

Emília Lira

 

Agarro-me a este livro… ou será isto uma espécie de portal que me leva a um universo paralelo e distante?

Ignorando completamente o mundo ao meu redor, agarro o livro e, por fim, deixo-me levar.

Joana Mealha

Junta-te à comunidade!

Subscreve agora e recebe os nossos emails.

I agree to have my personal information transfered to MailChimp ( more information )

I will never give away, trade or sell your email address. You can unsubscribe at any time.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.